Saiba sintomas e como prevenir a Leishmaniose, doença canina que teve primeiro caso em humanos em Florianópolis

Foi em agosto de 2017 que registrou-se o primeiro caso de Leishmaniose viral em humanos em Santa Catarina, mas a doença ainda preocupa as autoridades. A transmissão acontece com um mosquito picando um animal infectado – nesse caso, um cachorro – e depois picando uma humano. Não há, e isso é bom ressaltar, como a doença ser transmitida diretamente de um cachorro para um humano. A luta com a Leishmaniose não tem sido fácil, em bairros da cidade, no mínimo dez cachorros de rua foram identificados com a doença. Saiba como prevenir e os sintomas tanto em você como na sua bucica:

SINTOMAS NOS HUMANOS

  • febre intermitente com semanas de duração
  • fraqueza
  • perda de apetite
  • emagrecimento
  • anemia
  • palidez
  • aumento do baço e do fígado
  • comprometimento da medula óssea
  • problemas respiratórios
  • diarreia
  • sangramentos na boca e nos intestinos (fonte G1)

SINTOMAS EM ANIMAIS

  • emagrecimento
  • enfraquecimento dos pelos
  • apatia
  • descamação ao redor dos olhos, focinho e ponta das orelhas
  • crescimento exagerado das unhas
  • conjuntivite ou outros distúrbios oculares
  • aumento de volume na região abdominal
  • diarreia, hemorragia intestinal e inanição

CASO SEU CÃO APRESENTE OS SINTOMAS LIGUE PARA O CENTRO DE ZOONOSES DE FLORIANÓPOLIS: (48) 3338-9004 ou pelo email zoonoses.pmf@gmail.com

COMO PREVENIR?

Para evitar que a doença chegue até o seu bichinho, existe a vacina contra a doença, assim como uma coleira que ajuda a proteger seu cão. Você pode encontrar ambos na loja da Super Pet Show, em Barreiros. (Avenida Leoberto Leal, n 1221 – Barreiros – São José / SC – (48) 99185-6380), parceira comercial do Floripa Mil Grau. A Pet Show se comprometeu a cobrir o preço da concorrência.

 

Compartilhe:

Comentários

Post Author: Floripa Mil Grau